Central do Cliente

Lembrar-me

Você conhece o Marketing de Impulso?

Você já conhecia o termo Flywheels Marketing ou Marketing de Impulso? Pois bem: esse termo é um dos conceitos fundamentais do autor Jim Collins em seu livro Good to Great. Pode-se exemplificar que o esforço inicial necessário para que uma engrenagem gire é muito grande, entretanto, uma vez em movimento, os esforços necessários para mantê-la girando serão menores, isto é, uma organização obtém resultados palpáveis e sólidos após um agregado de pequenos esforços persistentes a longo prazo.

Fica evidente a aplicação do Marketing de Impulso nas estratégias digitais: obter os primeiros seguidores no Twitter, fãs no Facebook, inscritos nas listas de e-mails e as primeiras vendas é sempre uma tarefa árdua, porém, assim que essa barreira for quebrada, continuar a crescente de resultados demandará cada vez menos esforços. Um exemplo que retrata claramente esse conceito é o SEM (search engine marketing). As ações necessárias para associar um site a determinadas palavras-chave nos buscadores – principalmente as mais concorridas – são grandes, recorrentes e a longo prazo, mas, uma vez obtido o posicionamento desejado, realizar a manutenção desse posicionamento requer menos esforços do que trazê-lo até tal posição.

O glossário do Marketing de Impulso elenca 3 regras fundamentais a serem consideradas:

Você deve investir mais e por mais tempo!

SEM e Google Adwords são exemplos que se encaixam perfeitamente nessa regra. Os esforços necessários para obter resultados com o SEM são grandes, recorrentes e a longo prazo, ao passo que o Google Adwords provê resultados imediatos, porém com um custo muito maior. Neste momento, você, enquanto estrategista digital da sua marca, deve priorizar seus esforços naquilo que trará resultados perenes e sólidos, e nesse caso o SEM é um exemplo clássico.

Você deve aprender a aceitar o fracasso!

Os resultados nem sempre são imediatos. Na verdade, o Marketing de Impulso prevê um esforço mínimo necessário por um longo período para que seja possível colher os frutos. Dessa forma, tenha ciência de que os resultados virão após muito esforço e perseverança. Mas, se os resultados estão demorando mais do que o esperado para aparecer, aceite que sua estratégia possa estar equivocada e cogite a possibilidade de replanejá-la.

Aprenda a encontrar o Marketing de Impulso em tudo!

Considerando o Marketing de Impulso, SEM e Google Adwords são antagônicos, correto? Sim, de maneira completa; contudo, individualizando-se o índice de qualidade das palavras-chave do Google Adwords, pode-se aplicar o Marketing de Impulso, já que o composto que irá determinar o índice de qualidade da palavra-chave requer um conjunto de resultados e esforços ao longo do tempo.

Sempre que observar na prática o Marketing de Impulso, leve consigo essas 3 regras básicas e fundamentais e não esqueça que, com esforços estruturados e estrategicamente pensados, os resultados sempre virão!

Publicado em 9 de fevereiro de 2015 às 21:57.



Comentários