Central do Cliente

Lembrar-me

IMAP ou POP – Qual protocolo utilizar?

Frequentemente, ao configurar aplicações que exercem a função de “cliente de e-mails” como Outlook, Thunderbird, etc, nos deparamos com uma dúvida: afinal, qual protocolo escolher? IMAP ou POP? Qual me oferece mais vantagens? Primeiramente, é importante considerar que ambos possuem diferenças operacionais entre si, bem como seu comportamento em relação a conexão com o servidor.

DEFINIÇÃO

O protocolo POP (Post Office Protocol ou “Protocolo de Correios” em tradução livre) realiza para cada atividade uma conexão com o servidor, efetua a tarefa requisitada e na sequência encerra a conexão. Porém, Abaixo, uma descrição breve sobre a rotina:

  1. Efetua uma conexão entre a aplicação e o servidor onde sua caixa de correio encontra-se, utilizando a autenticação do email/usuário e, quando for o caso, um certificado SSL.
  2.  Ao identificar mensagens novas ou não baixadas em sua caixa de entrada no servidor, é realizada a transferência das mesmas para sua aplicação. Caso nenhuma opção de deixar cópia no servidor seja marcada, a mensagem em questão será “movida” da caixa de correio, e apenas estará disponível em seu cliente de e-mails. Se a opção estiver corretamente marcada, será armazenada uma cópia da mensagem no servidor, pelo tempo que o usuário indicar.
  3. Após todo o processo ser concluído, a conexão entre o cliente e o servidor é encerrada e os e-mails estarão disponíveis no programa, mesmo off-line.

No caso do protocolo IMAP (Internet Message Access Protocol ou “Protocolo de acesso a mensagem da internet” em tradução livre), o mesmo mantém suas mensagens armazenadas no servidor e é realizada uma “sincronização” entre seu cliente de email, mantendo a disposição de ambas de forma semelhante. Basicamente, funciona da seguinte forma:

  1. Efetua uma conexão entre a aplicação e o servidor onde sua caixa de correio encontra-se, utilizando a autenticação do email/usuário e, quando for o caso, um certificado SSL.
  2. É realizada a sincronização entre a atual caixa de correio e as ações executadas em seu cliente de email.
  3. Ao realizar operações como enviar email, excluir e criar pasta para organizar e-mails, as mesmas alterações serão aplicadas a sua conta de email no servidor, que serão padronizadas a cada dispositivo configurado com o mesmo protocolo.


Certo, mas quando devo utilizar?

Apontadas as diferenças, poderemos afirmar que cada protocolo se adequa a situações específicas. Vejamos alguns exemplos:

– Possuo um dispositivo, no qual concentro todo meu trabalho e necessito consultar meus e-mails com frequência, mesmo não possuindo uma conexão com a internet ativa. Realizo a checagem de meus e-mails apenas neste dispositivo. Para este caso, é ideal a utilização do protocolo POP.

Outro exemplo:

– Trabalho em meu pc, mas estou frequentemente me deslocando. Quando me ausento em meu ambiente de trabalho, necessito verificar com frequência meus e-mails em meu smartphone, tablet e notebook. Tenho disponibilidade de conexão com a internet todo o tempo. Este caso, devido a versatilidade e necessidade de sua caixa de correio estar sempre sincronizada com as demais, o protocolo IMAP é o mais indicado.

Esperamos que este artigo tenha lhe instruído sobre os princípios básicos dos protocolos e lhe ajude a escolher a opção que mais se adequa a sua necessidade! Até a próxima pessoal!

Publicado em 20 de maio de 2015 às 15:47.



Comentários