Central do Cliente

Lembrar-me

Design responsivo e site mobile dedicado, como e quando?

Celulares com acesso à internet estão cada vez mais acessíveis e tornando o principal dispositivo para se obter conteúdo na internet. Uma pesquisa realizada pelo Google em 2012 com 1.611 participantes de 18 até 64 anos, The New Multi-Screen World Study, os smartphones é responsável por 38% das interações com as mídias, sendo 40% fora de casa e 60% em casa.

“Considero meu smartphone como o meu dispositivo pessoal, que posso levar para qualquer lugar. Está sempre perto de mim, sempre disponível para quando eu preciso dele rapidamente.”
Depoimento de participante da pesquisa

Página inicial do Google

Há uma previsão para que o uso de smartphones ultrapasse o uso de computadores desktops. De 2011 para 2012 o uso de smartphones no dia-a-dia e o tráfego de dados em redes móveis cresceu mais de 70% e, ainda em 2012, o número de vendas de smartphones e tablets superou o número de computadores. Além disso, vale a pena lembrar que o Google foi a primeira empresa a utilizar a metodologia mobile-first, em que acontece primeiramente o desenvolvimento de sites para dispositivos móveis para que depois seja criado para computadores.

Pesquisas realizadas pelo Google e de outras empresas como a Opera Software mostra que é fundamental uma empresa ter um site em versão mobile. A Globo.com aderiu a criação de páginas dedicadas para dispositivos móveis ao invés de utilizar tecnicas de design responsivo ou então a possibilidade criar aplicativos nativos e no início deste ano, ela recebeu acesso de 27 milhões de pessoas, tendo 1 bilhão de page-views através de smartphones.

Sabendo-se da importância de se aparecer no mundo mobile, existem duas opções para para adotar: o design responsivo e o site mobile dedicado. Mas o que é cada um deles?

Página inicial da Kosbit

Design Responsivo

Design responsivo, também conhecido como layout fluido e adaptável, utiliza tecnicas de CSS3 para que a disposição dos elementos de uma página fique de uma forma familiar independente da resolução do dispositivo utilizado (seja celular, computador, tablet ou TV), aproveitando o melhor de cada dispositivo para melhorar a experiência do usuário.

A grande vantagem do uso dessa técnica é a facilidade para manter um site, já que cada site possui apenas um código CSS e uma estrutura HTML. Além disso, mecanismos de busca dão preferência por sites responsivos independentemente do dispositivo que página for acessada, a página será bem vista.

Site Mobile Dedicado

Com a quantidade de códigos e scripts reduzida e com apenas imagens relevantes, o site mobile dedicado (caracterizado por “m.seusite.com.br”) oferece ao usuário uma experiência única: um site rápido com informações de fácil acesso e projetado exclusivamente para dispositivos touch (sensíveis ao toque). Isso se torna relevante quando se trata da qualidade da internet brasileira, principalmente o 3G.

O desenvolvimento de páginas dedicadas ao uso mobile pode ser simples, mas a manutenção destes pode ser complicada quando se trata de um site de grande porte. É necessário tomar muito cuidado com os links que são inseridos para que não confunda o visitante durante a navegação, alterando a página dedicada para mobile para uma página comum.

Qual é o melhor? Qual se deve usar?

Não existe um melhor, tudo depende da necessidade e do público que acessa o site.

Pode ser interessante apelar para o design responsivo para que o site tenha um diferencial no layout, principalmente se o site é um blog que contém apenas conteúdo para um público jovem. Caso não queira se preocupar com URLs e códigos duplicados e ainda quer ganhar alguns pontos em SEO, opte por design responsivo.

Porém, caso o site seja um portal de notícias ou possui um público com internet carente de qualidade, um site dedicado pode ser a melhor opção para beneficiar a comunicação entre o usuário e o dispositivo. A utilização de sites dedicados é interessante caso seja preocupante os impactos com a alteração para design responsivo ou o não haja verba para investimento ou interesse para o design da página.

E você, está preparado para o público mobile? não deixe de comentar sua experiência.

Publicado em 5 de novembro de 2013 às 0:28.



Comentários